CLICK HERE FOR FREE BLOGGER TEMPLATES, LINK BUTTONS AND MORE! »


.

EDUCAÇÃO INFANTIL E EDUCAÇÃO CRISTÃ PARA CRIANÇAS



CRIANÇA DESAPARECIDA: JOÃO RAFAEL KOVALSKI, 2 anos.

CRIANÇA DESAPARECIDA: JOÃO RAFAEL KOVALSKI, 2 anos.
João Rafael Kovalski desapareceu do quintal da sua casa, em Adrianópolis, região metropolitana de Curitiba, estado do Paraná (BRASIL) no dia 24 de agosto do ano de 2013. Quem tiver alguma informação pode entrar em contato pelo telefone (41) 3224-6822, ou ainda, entre em contato com uma unidade da Polícia Federal ou envie e-mail para desaparecidos@dpf.gov.br.

Você é muito importante!

                             

Participe com a gente!

sexta-feira, 18 de abril de 2014

A Lição do Fogo


Paulo Lacava
~~~~~~~~~~~~~~~
Um membro, que regularmente frequentava um determinado grupo de estudos, sem nenhum aviso deixou de participar de suas atividades.
Após algumas semanas, o Mestre daquele grupo decidiu visitá-lo.
Era uma noite muito fria.
O Mestre encontrou o homem em casa, sozinho, sentado diante da lareira, onde ardia um fogo brilhante e acolhedor.
Adivinhando a razão da visita, o homem deu as boas-vindas ao Mestre, conduziu-o a uma grande cadeira perto da lareira e ficou quieto, esperando.

No silêncio sério que se formara, apenas contemplavam a dança das chamas em torno das rachas de lenha, que ardiam.
Ao cabo de alguns minutos, o Mestre examinou as brasas que se formaram e cuidadosamente selecionou uma delas, a mais incandescente de todas, empurrando-a para o lado.
Voltou então a sentar-se, permanecendo silencioso e imóvel.

O anfitrião prestava atenção a tudo, fascinado e quieto.
Aos poucos a chama da brasa solitária diminuía, até que houve brilho momentâneo e seu fogo apagou-se de vez.
Em pouco tempo, o que antes era uma festa de calor e luz, agora não passava de um negro, frio e morto pedaço de carvão recoberto de uma espessa camada de fuligem acinzentada.
Nenhuma palavra tinha sido dita desde o protocolar cumprimento inicial entre os dois amigos.

O Mestre, antes de se preparar para sair, manipulou novamente o carvão frio e inútil, colocando-o de volta no meio do fogo.
Quase que imediatamente ele tornou a incandescer alimentado pela luz e calor dos carvões ardentes em torno dele.

Quando o Mestre alcançou a porta para partir, seu anfitrião disse:
- Obrigado. Por sua visita e pelo belíssimo sermão.
Estou voltando ao convívio do grupo.
Muito obrigado!

Aos membros de um grupo vale lembrar que eles fazem parte da chama e que longe do grupo eles perdem todo o brilho.
Aos Mestres e lideres vale lembrar que eles são responsáveis por manter acesa a chama de cada um e por promover a união entre todos os membros, para que o fogo seja realmente forte, eficaz e duradouro.

Recolhido no blog da Teresa Carneiro: http://matecarneiro.blogspot.com/

domingo, 13 de abril de 2014

Atividades Prontas - Aniversário da Cidade de Fortaleza (CE/Brasil)

Parabéns FORTALEZA!!
288 anos!

ATIVIDADE 1
baixar AQUI*

ATIVIDADE 2
baixar AQUI*

*PARA BAIXAR AS ATIVIDADES VOCÊ PRECISA TER UMA CONTA NO SITE DO 4SHARED.

Fortaleza é um município brasileiro, capital do estado do Ceará. Pertence à mesorregião Metropolitana de Fortaleza e à microrregião de Fortaleza. A cidade desenvolveu-se às margens do riacho Pajeú, no nordeste do país, a 2.285 quilômetros de Brasília. Sua toponímia é uma alusão ao Forte Schoonenborch, construído pelos holandeses durante sua segunda permanência no local entre 1649 e 1654. O lema da cidade (presente em seu brasão) é a palavra em latim "Fortitudine", que em português significa: "força, valor, coragem".

Está localizada no litoral Atlântico, com 34 km de praias, a uma altitude média de 21 metros e é centro de um município de 313,8 km² de área e 2.551,806 habitantes, sendo a capital de maior densidade demográfica do país, com 7.815,7 hab/km². É a cidade mais populosa do Ceará, a quinta do Brasil e a 91ª mais populosa do mundo. A Região Metropolitana de Fortaleza possui 3.700,000 habitantes, sendo a sexta mais populosa do Brasil e a segunda do Nordeste.
BANDEIRA

BRASÃO


FONTE: Wikipédia

Leia mais sobre Fortaleza no Blog Fortaleza em Fotos e Fatos

LIVRO - Sete Necessidades Básicas da Criança


Essa leitura precisa ser feita por todos os pais.
Sugiro que educadores de crianças e pessoas que fazem parte de Ministério Infantil também leiam.



10 Coisas que um Autista Gostaria que Você Soubesse

Imagem: Cor Autista

1) Eu tenho autismo. Eu não sou somente “Autista”. 
O meu autismo é só um aspecto do meu caráter. Não me define como pessoa. Você é uma pessoa com pensamentos, sentimentos e talentos. Ou você é somente gordo, magro, alto, baixo, míope. Talvez estas sejam algumas coisas que eu perceba quando conhecer você, mas isso não é necessariamente o que você é. Sendo um adulto, você tem algum controle de como se auto-define. Se quer excluir uma característica, pode se expressar de maneira diferente. Sendo criança eu ainda estou descobrindo. Nem você ou eu podemos saber do que eu sou capaz. Definir-me somente por uma característica, acaba-se correndo o risco de manter expectativas que serão pequenas para mim. E se eu sinto que você acha que não posso fazer algo, a minha resposta naturalmente será: Para que tentar?

2) A minha percepção sensorial é desordenada. 
Interação sensorial pode ser o aspecto mais difícil para se compreender o autismo. Quer dizer que sentidos ordinários como audição, olfato, paladar, toque, sensações que passam desapercebidas no seu dia a dia podem ser doloridas para mim. O ambiente em que eu vivo pode ser hostil para mim. Eu posso parecer distraído ou em outro planeta, mas eu só estou tentando me defender. Vou explicar o porquê uma simples ida ao mercado pode ser um inferno para mim: a minha audição pode ser muito sensível. Muitas pessoas podem estar falando ao mesmo tempo, música, anúncios, barulho da caixa registradora, celulares tocando, crianças chorando, pessoas tossindo, luzes fluorescentes. O meu cérebro não pode assimilar todas estas informações, provocando em mim uma perda de controle. O meu olfato pode ser muito sensível. O peixe que está à venda na peixaria não está fresco. A pessoa que está perto pode não ter tomado banho hoje. 
O bebê ao lado pode estar com uma fralda suja. O chão pode ter sido limpo com amônia. Eu não consigo separar os cheiros e começo a passar mal. Porque o meu sentido principal é o visual. Então, a visão pode ser o primeiro sentido a ser super-estimulado. A luz fluorescente não é somente muito brilhante, ela pisca e pode fazer um barulho. O quarto parece pulsar e isso machuca os meus olhos. Esta pulsação da luz cobre tudo e distorce o que estou vendo. O espaço parece estar sempre mudando. Eu vejo um brilho na janela, são muitas coisas para que eu consiga me concentrar. O ventilador, as pessoas andando de um lado para o outro… Tudo isso afeta os meus sentidos e agoraeu não sei onde o meu corpo está neste espaço.

3) Por favor, lembre de distinguir entre não poder (eu não quero fazer) e eu não posso (eu não consigo fazer). 
Receber e expressar a linguagem e vocabulário pode ser muito difícil para mim. Não é que eu não escute as frases. É que eu não te compreendo. Quando você me chama do outro lado do quarto, isto é o que eu escuto “BBBFFFZZZZSWERSRTDSRDTYFDYT João”. Ao invés disso, venha falar comigo diretamente com um vocabulário simples: “João, por favor, coloque o seu livro na estante. Está na hora de almoçar”. Isso me diz o que você quer que eu faça e o que vai acontecer depois. Assim é mais fácil para compreender.

4) Eu sou um “pensador concreto” (CONCRETE THINKER). 
O meu pensamento é concreto, não consigo fazer abstrações.Eu interpreto muito pouco o sentido oculto das palavras. É muito confuso para mim quando você diz “não enche o saco”, quando o que você quer dizer é “não me aborreça”. Não diga que “isso é moleza, é mamão com açúcar” quando não há nenhum mamão com açúcar por perto e o que você quer dizer é que isso é algo fácil de fazer. Gírias, piadas, duplas intenções, paráfrases, indiretas, sarcasmo eu não compreendo.

5) Por favor, tenha paciência com o meu vocabulário limitado. 
Dizer o que eu preciso é muito difícil para mim, quando não sei as palavras para descrever o que sinto. Posso estar com fome, frustrado, com medo e confuso, mas agora estas palavras estão além da minha capacidade do que eu possa expressar. Por isso, preste atenção na linguagem do meu corpo (retração, agitação ou outros sinais de que algo está errado). Por um outro lado, posso parecer como um pequeno professor ou um artista de cinema dizendo palavras acima da minha capacidade na minha idade. Na verdade, são palavras que eu memorizei do mundo ao meu redor para compensar a minha deficiência na linguagem. Porque eu sei exatamente o que é esperado de mim como resposta quando alguém fala comigo. As palavras difíceis que de vez em quando falo podem vir de livros, TV, ou até mesmo serem palavras de outras pessoas. Isto é chamado de ECOLALIA. Não consigo compreender o contexto das palavras que estou usando. Eu só sei que devo dizer alguma coisa.

6) Eu sou muito orientado visualmente porque a linguagem é muito difícil para mim. 
Por favor, me mostre como fazer alguma coisa ao invés de simplesmente me dizer. E, por favor, esteja preparado para me mostrar muitas vezes. Repetições consistentes me ajudam a aprender. Um esquema visual me ajuda durante o dia-a-dia. Alivia-me do stress de ter que lembrar o que vai acontecer. Ajuda-me a ter uma transição mais fácil entre uma atividade e outra. Ajuda-me a controlar o tempo, as minhas atividades e alcançar as suas expectativas. Eu não vou perder a necessidade de ter um esquema visual por estar crescendo. Mas o meu nível de representação pode mudar. Antes que eu possa ler, preciso de um esquema visual com fotografias ou desenhos simples. Com o meu crescimento, uma combinação de palavras e fotos podem me ajudar mais tarde a conhecer as palavras.

7) Por favor, preste atenção e diga o que eu posso fazer ao invés de só dizer o que eu não posso fazer. 
*Como qualquer outro ser humano não posso aprender em um ambiente onde sempre me sinta inútil, que há algo errado comigo e que preciso de “CONSERTO”. Para que tentar fazer alguma coisa nova quando sei que vou ser criticado? Construtivamente ou não é uma coisa que vou evitar. Procure o meu potencial e você vai encontrar muitos! Terei mais que uma maneira para fazer as coisas.

8) Por favor, me ajude com interações sociais. 
Parece que não quero brincar com as outras crianças no parque, mas algumas vezes simplesmente não sei como começar uma conversa ou entrar na brincadeira. Se você pode encorajar outras crianças a me convidarem a jogar futebol ou brincar com carrinhos, talvez eu fique muito feliz por ser incluído. Eu sou melhor em brincadeiras que tenham atividades com estrutura começo-meio-fim. Não sei como “LER” expressão facial, linguagem corporal ou emoções de outras pessoas. Agradeço se você me ensinar como devo responder socialmente. Exemplo: Se eu rir quando alguém cair do escorregador não é que eu ache engraçado. É que eu não sei como agir socialmente. Ensine-me a dizer: “você esta bem?”

9) Tente encontrar o que provoca a minha perda de controle. 
Perda de controle, “chilique”, birra, malcriação, escândalo, como você quiser chamar, eles são mais horríveis para mim do que para você. Eles acontecem porque um ou mais dos meus sentidos foi estimulado ao extremo. Se você conseguir descobrir o que causa a minha perda de controle, isso poderá ser prevenido – ou até evitado. Mantenha um diário de horas, lugares pessoas e atividades. Você encontrar uma seqüência pode parecer difícil no começo, mas, com certeza, vai conseguir. Tente lembrar que todo comportamento é uma forma de comunicação. Isso dirá a você o que as minhas palavras não podem dizer: como eu sinto o meu ambiente e o que está acontecendo dentro dele.

10) Se você é um membro da família me ame sem nenhuma condição. 
Elimine pensamentos como “Se ele pelo menos pudesse…” ou “Porque ele não pode…” Você não conseguiu atender a todas as expectativas que os seus pais tinham para você e você não gostaria de ser sempre lembrado disso. Eu não escolhi ser autista. Mas lembre-se que isto está acontecendo comigo e não com você. Sem a sua ajuda a minha chance de alcançar uma vida adulta digna será pequena. Com o seu suporte e guia, a possibilidade é maior do que você pensa. Eu prometo: EU VALHO A PENA. E, finalmente três palavras mágicas: Paciência, Paciência, Paciência. Ajuda a ver o meu autismo como uma habilidade diferente e não uma desabilidade. Olhe por cima do que você acha que seja uma limitação e veja o presente que o autismo me deu. Talvez seja verdade que eu não seja bom no contato olho no olho e conversas, mas você notou que eu não minto, roubo em jogos, fofoco com as colegas de classe ou julgo outras pessoas? É verdade que eu não vou ser um Ronaldinho “Fenômeno” do futebol. Mas, com a minha capacidade de prestar atenção e de concentração no que me interessa, eu posso ser o próximo Einstein, Mozart ou Van Gogh. Eles também tinham autismo. O que o futuro tem guardado para crianças autistas como eu, está no próprio futuro. Tudo que eu posso ser não vai acontecer sem você sendo a minha base. Pense sobre estas “regras” sociais e se elas não fazem sentido para mim, deixe de lado. Seja o meu protetor seja o meu amigo e nós vamos ver até onde eu posso ir.

“CONTO COM VOCÊ”



Fonte: Comunidade do orkut : Diário de Um Autista da Cláudia Marcelino.

segunda-feira, 7 de abril de 2014

HOJE - MAIS UM ANO DE VIDA!


DEUS, EM SUA INFINITA GRAÇA E MISERICÓRDIA, ME CONCEDEU MAIS UM ANO DE VIDA. QUE PRESENTE!!!!!! 
AMO MEU SENHOR!
29 ANINHOS!
Alguém quer bolo?
('u')




domingo, 30 de março de 2014

Projeto Para Culto Infantil 1 - Amigo de Deus

Olá filho(as) do Rei? Como vão vocês?
NOVIDADE NO BLOG!
A partir de agora vou postar para vocês projetos para cultos infantis, baseados nos que fazemos na minha igreja. O objetivo principal - além de levar as crianças a adorarem e cultuarem a Deus e reconhecê-lo como Senhor e Salvador de suas vidas - é colocá-las para trabalhar. Isso mesmo. Todas as partes do cultinho devem ser feitas pelas crianças.
A única coisa feita por um adulto nos nossos cultos infantis é a oração final (feita pelo pastor).
É importante ainda que o(a) líder esteja sempre perto orientando os pequenos no que eles deverão fazer, mesmo já tendo planejado e/ou conversado tudo com eles anteriormente.
INCENTIVE as crianças a fazerem algo para o Senhor e ELOGIE-AS quando fizerem.
É de absoluta importância reunir os pais algum tempo antes da data do cultinho para apresentar o projeto e pedir a ajuda dos mesmos no que precisar.

ATENÇÃO: um culto infantil não pode ser, JAMAIS, totalmente igual a um culto para adultos.


PLANEJAMENTO DO CULTO
  • Planeje-o com seu grupo de apoio com (pelo menos) um mês de antecedência.
  • Defina data e horário.
  • Defina um tema e uma referência bíblica sobre o tema. DICA: geralmente quem faz essa parte é o Espírito Santo; fale com Ele. Ele vai falar com você e confirmar Sua vontade.
  • Convoque todo o grupo para planejar e permita algumas crianças maiores participarem.
  • Depois de planejar tudo, apresente todo o projeto ao seu pastor e aguarde a permissão dele; apresente o projeto aos pais, em reunião.
  • Comece a ensaiar com as crianças e/ou grupos que vão louvar (peça ajuda aos pais).
  • Confeccione e prepare os materiais que serão usados (letreiros, cartazes, balões, data show, fantoches, histórias etc). Isso é opcional, mas torna o culto mais atrativo às crianças.
  • Decida se haverá lanche e/ou lembrancinha do culto. Se houver lanche decida o quê, e peça ajuda dos pais para a preparação do mesmo.
  • Convide toda a igreja, as famílias, os amigos, colegas, outras igrejas. Se for possível confeccione um convite para enviar às outras igrejas.
  • Faça 'propaganda'; a propaganda do cultinho nas redes sociais é uma boa ideia.
  • Ore e peça a direção do Doce Espírito Santo em cada coisa que for fazer (em cada minúscula coisa que você for fazer).


O nosso 1º culto do ano de 2014 foi assim:

DATA e HORA: 01 de Fevereiro de 2014 às 19:00 horas.
TEMA: Amigo de Deus.
REFERÊNCIA: João 15.13-15.
LOUVORES PRINCIPAIS: "A-M-I-G-O", "Amigo de Deus", "Inimigo do Mal" (Crianças Diante do Trono - Volume 2)
DECORAÇÃO: Balões e letreiro.

Programação
  • Dirigentes do Culto - Dois pré-adolescentes; o(a) líder orienta-os.
  • Oração Inicial - Criança.
  • Louvores Infantis - Pré-adolescentes; três ou quatro louvores infantis (não necessariamente com o tema). Não aconselho que as crianças cantem hinos da 'harpa cristã', pois os louvores são de difícil compreensão para os mais pequenos. Sugiro louvores que as crianças já conheçam e que as façam fazer algum movimento; exemplo: "pula, pula, pula, vem pra nossa turma; pula, pula, pula, com Jesus é mais legal..." (Aline Barros e Cia - Volume 1). 
  • Leitura da Palavra - Criança.
  • Oração de Agradecimento pela Palavra - Mesma criança que fez a leitura.
  • Oportunidades Individuais ou em Grupos.
  • Videos Sobre Amizade com Deus - Crianças Diante do Trono/Amigo de Deus.
  • Orar pelos Ofertantes - Criança
  • Ofertas - Duas ou quatro crianças; o número pode variar de acordo com o tamanho de sua igreja e/ou número de crianças da mesma.
  • Oração pelas Ofertas - Criança.
  • Pregação da Palavra - Criança. A pregação deve seguir o tema. Oriente a criança quanto ao tempo; lembre-se: crianças não são adultos e pregação longa demais pode deixar os pequenos ouvintes 'cansados'.
  • Leitura de um Texto Sobre Amizade com Deus - Leitura feita por um dos dirigentes.
  • Agradecimentos Finais - Líder do Ministério Infantil.
  • Oração Final - Líder do Ministério Infantil ou Pastor.
  • Lanche.
BANNER POSTADO EM REDE SOCIAL COM AS PRINCIPAIS INFORMAÇÕES 
DO CULTO.

BANNER POSTADO EM REDE SOCIAL 
NO DIA DO CULTO.
(imagens retiradas da internet)

FOTO DO CULTO

Depois posto mais fotos.

OBSERVAÇÕES IMPORTANTES: Todas as ideias citadas aqui são de acordo com os cultos organizados na minha igreja. Você deverá planejar o culto de acordo com sua denominação e permissão do seu pastor.

terça-feira, 25 de março de 2014

Moldes de Letras 4

Oi fofuras! 
Trouxe mais umas letrinhas para vocês.
Beijocas!


BAIXAR MOLDES EM PDF

segunda-feira, 24 de março de 2014

LIVRO BOM DIA - Leituras Diárias com Stormie Omartian

Olá amadas de Deus? Como vocês estão?
Hoje tive a ideia de postar sobre esse livreto para vocês. São leituras baseadas na Palavra de Deus; uma para cada dia do ano.
Hoje em dia temos uma desculpa quase que 'infalível' para não estarmos conectadas com o céu: "EU NÃO TENHO TEMPO". No entanto, temos sim, TEMOS TEMPO. Por mais pouco que seja ele podemos usá-lo para estarmos em constante busca pela presença do Senhor. Ele sabe que estamos ocupadas, mas deseja que tiremos parte desse tempo para conversar com Ele.
Nada melhor do que iniciar o dia 'batendo um papo' com seu Papai.
Dê o primeiro momento do seu dia a Ele, você vai ver quanta diferença isso vai fazer no resto.


O que temos para hoje?


Stormie Omartian é autora de sucessos como 'O poder da esposa que ora'. Omartian tem influenciado mais orações do que qualquer outra pessoa tanto nos Estados Unidos quanto no Brasil. Grande parte do público leitor é composto de mulheres e a maioria dos livros segue uma fórmula. Começa pelos títulos: O poder de alguém que ora - da esposa, do marido, dos pais, da mulher... Omartian começou em Hollywood. Enquanto ainda cursava a faculdade, passou a trabalhar como cantora, dançarina e atriz em shows musicais para televisão. Também representou vários papéis em programas conhecidos. Após uma vida desregrada, que incluia drogas Stormie finalmente entregou sua vida a Jesus. Hoje, na casa dos 60, aparece em fotos de publicidade como uma loira impecável de olhos azuis. Ela dá palestras para grandes plateias em todos os Estados Unidos.

quinta-feira, 20 de março de 2014

Dia Internacional da Felicidade

DIA INTERNACIONAL DA FELICIDADE


VAMOS SER FELIZES?
Leia mais

Diário de Professora de Uma Criança Autista - Capítulo 1

Oi diário? Tudo bem?
Me chamo Jaqueline e usarei você para algo muito especial. Vou registrar minha experiência como professora de uma criança autista. 

Este ano promete; em minha sala, além de novas e muitas carinhas tenho também um novo desafio para minha experiência de pedagoga: uma criança autista.
Confesso, sem hipocrisia nenhuma, que não sei nada sobre o assunto e que nunca me interessei em saber. Até chegar o dia em que eu teria um aluno assim.
Esse dia chegou e me trouxe o Gustavo.
O Gustavo tem 2 anos e 7 meses e se mostrou 'diferente' das outras crianças. A primeira coisa que me chamou a atenção foi o fato de ele não me olhar nos olhos. Gosto desse contato olho no olho, significa 'estar atento a alguém' e as crianças precisam sentir que são importantes para nós e que nos interessamos por elas e pelo que dizem ou pensam. Fiquei meio que assustada com isso. "Uma criança que não olha pra mim? Isso é novidade!" pensei comigo mesma. Nem seu choro inconsolável me incomodou tanto como o fato de ele não 'encarar' comigo.
Até aí eu não sabia o motivo desse comportamento. Foi então que a mãe falou sobre o assunto com outra professora que trabalha na mesma sala que eu. Quando ela me repassou a notícia eu levei um baque.
Sim, me desesperei interiormente, psicologicamente, pois como já disse não sabia nada sobre o assunto e muito menos como lidar com a situação. Foi então que me vieram várias perguntas e todas sem respostas significativas para iniciar um trabalho especial com ele, até porquê isso exigiria um planejamento específico, diferenciado e direcionado unicamente à ele.

Corri para a internet. Li bastante sobre o assunto. Postei sobre o mesmo algumas vezes no meu blog. Vi vídeos. Mas tudo isso não passa de teoria e mais teoria. Está na hora de vivenciar a prática. A vida real. Aprender com ele.
Esse é o primeiro ano do Gustavo na escola. Ele vai deixar sua casa todos os dias pela manhã para estar em um grupo de crianças e pessoas diferentes que ele não conhece, nunca viu e que até então não faziam parte do seu dia-a-dia em casa. Mas eu acredito nos avanços. As dificuldades existem, mas não podem ser um obstáculo constante.
Tá bom! Tudo bem. Não sou uma expert, mas vou estudar o assunto. Vou pesquisar sempre quando houver dúvidas. Vou errar (sim, vou errar muito), porque sou humana. Vou acertar e ficar mega feliz com qualquer minúsculo resultado.
Vai dar certo. Estou mais calma e mais animada.
Novos desafios são novas experiências e isso é algo muito positivo na vida da gente.
E eu vou registrar aqui, no meu diário, novas aprendizagens (do Gustavo e minhas também), novas descobertas, avanços, dificuldades etc.
Eu acredito que com uma boa dose de carinho as coisas podem sim dar muito certo!
Vamos com tudo! E que Deus nos abençoe e nos dê sabedoria! 


Jaqueline Tavares

GUSTAVO
2 anos e 7 meses


******

P.S.: Pedi a devida autorização dos pais do Gustavo para publicar sobre ele (texto e fotos) no meu blog e eles permitiram atenciosamente. 
Esse texto é de autoria minha baseado em experiências diárias; por favor colocar créditos (fonte e autoria) caso você queira mostrar em seu blog e/ou site.