CLICK HERE FOR FREE BLOGGER TEMPLATES, LINK BUTTONS AND MORE! »


.

EDUCAÇÃO INFANTIL E EDUCAÇÃO CRISTÃ PARA CRIANÇAS



Você é muito importante!

                             

Participe do Blog Com a Gente

sexta-feira, 19 de junho de 2015

Diário de Professora de Uma Criança Autista - Capítulo 5

Agosto, 2014
Diário,
os desafios continuam dia após dia...
Voltamos das férias e pelo que vejo, as mesmas não fizeram bem ao Gustavo; a mãe dele me confirmou isso.
Ele voltou à escola muito, muito, muito agitado! Chorando demais. Descontrolado ao máximo. Claro que ficamos preocupados, pois com essa agitação toda ele, geralmente, se bate, bate nos colegas e a nossa atenção precisa estar redobrada. Com o andamento das aulas ele vai se acalmando mais. Tenho percebido também, que tanta agitação mais parece noite mal dormida. A gente que é mãe sabe quando um filho não dormiu bem a noite e em muitos momentos, quando o Gustavo está agitado e chorando muito, coloca a mão nos olhos, como quem está com muito sono.
Porém, ele não se deita para dormir e a gente fica sem saber o que fazer.
Temos usado algumas alternativas para ver se surtem efeito.
Sair com ele para dar uma volta pela escola (se bem que eu não concordo muito com esse negócio de sair da sala, mas ele até que se acalma mais);
dar um brinquedo para entreter-lo.
No entanto, o Gustavo precisa aprender a seguir uma rotina que é imposta a todos igualmente. Não tem cabimento sair para passear na hora da atividade.
A hora da atividade é a hora de fazer a tarefa e não de passear. Só concordo que ele deva sair um pouco da sala quando a agitação é extrema. Mas passar por cima da rotina não é o melhor a se fazer em momento nenhum.
Antes das férias, tivemos na escola uma apresentação do pessoal do Mais Educação. A turma de capoeira se apresentou para as crianças da Educação Infantil e adivinhem que foi o primeiro a entrar na roda? Ele mesmo, Gustavinho em pessoa, rsrsr
Ficou no meio da roda e dançou até o final da música, ao som do pandeiro e do berimbau.
A medida em que ele dançava batia a mão perto do queixo, parecia se movimentar ao ritmo dos instrumentos (quarta foto abaixo).
Eu querendo tirar ele do meio, para não atrapalhar a apresentação, mas fui repreendida pelo monitor da turma que me disse educadamente: "Deixa ele tia, pode deixar".
Deixei, rsrs!
Enfim, espero que ele retome a rotina na escola e se acalme com o tempo. Eu sei que deveria dar mais atenção ao Gustavo, inclusive em conversar mais com a mãe dele. Tenho planos de ir na casa dele, saber em que tipo de ambiente ele vive. Eu vou fazer isso, só não sei quando. A vida anda tão corrida; mas um dia dá certo e eu volto aqui pra contar tudinho.
Antes de terminar, quero deixar uma foto (última) de um momento que me marcou profundamente e não me pergunte o porquê; eu não saberia responder! 
Simplesmente achei lindo aquele olhar admirado do Gugu, ao sentir e ver a chuva fina caindo nele. 
Achei lindo. Achei sublime; algo além do que posso entender e tentar explicar! Com certeza a imagem vale muito mais que mil palavras.
Até a próxima diário!

Por Jaqueline Tavares






P.S.: Pedi a devida autorização dos pais do Gustavo para publicar sobre ele (textos e fotos) no meu blog e eles permitiram atenciosamente. Esse texto é de autoria minha baseado em experiências diárias; por favor colocar créditos (fonte e autoria) caso você queira mostrar em seu blog e/ou site.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para o Blog!