CLICK HERE FOR FREE BLOGGER TEMPLATES, LINK BUTTONS AND MORE! »


.

EDUCAÇÃO INFANTIL E EDUCAÇÃO CRISTÃ PARA CRIANÇAS



Você é muito importante!

                             

Participe do Blog Com a Gente

domingo, 9 de março de 2014

Sugestões Para Incentivar as Crianças a Orarem

Olá pessoas lindas!
Tenho aprendido dia após dia a amar a oração (ver meu testemunho sobre a oração AQUI). O simples fato de conversar com seu Pai Eterno pode muito em seus efeitos (Tiago 5:16). 
Que tal conversar com Ele agora mesmo?
Como levar as crianças a orar?

Engajando as Crianças em Oração.
A boa notícia é que é fácil levar as crianças a orar. Encoraje-as a orar hoje e deixe o resto com Deus. É possível que ao fazer isto você esteja se apropriando do mais poderoso exército de oração pela transformação de nossas comunidades, do nosso país e do mundo.

Algumas Idéias e Sugestões para Motivar as Crianças na Oração

1. Ensine e depois “libere” as crianças para orar.
As crianças precisam ser acompanhadas e depois “liberadas” para orar. Inicialmente, elas precisam de um vocabulário básico para orar. Muitas vezes isto é feito por meio de orações nas quais as crianças repetem o que o adulto diz. Mas assim que elas pegarem a ideia, é importante dar liberdade para que orem como os adultos, lembrando-se que o Espírito Santo trabalha tanto com os adultos como com as crianças.

2. Convide e inclua as crianças nos momentos de oração. 
Realizar encontros de oração nos quais as crianças são convidadas a participar é muito importante. Valorize a participação delas e compartilhe com elas os seus pedidos respeitando sua idade e maturidade. Em todos os encontros faça questão de ter uma criança orando por você como líder. Isto não só reforçará o valor que você dá às orações delas como também o ajudará a perceber o agir de Deus na sua vida como líder.

3. Nunca critique a oração da criança.
É comum para a criança dizer ou fazer coisas criativas na oração que podem divergir da expectativa dos adultos. Muitas vezes estas mudanças são positivas e devem ser acatadas. Se a criança disser ou fizer algo realmente inoportuno, herético ou ofensivo, trate com ela em particular.

4. Realize uma caminhada de oração.
Ande pela comunidade orando na frente da casa de cada criança, na frente de cada igreja, diante de uma praça, escola, comércio. Você pode fazer isto também caminhando pela igreja ou instituição, orando pelo que acontece ali. Depois, é importante conversar com elas sobre a experiência - como se sentiram, o que aprenderam, o que mudou na forma de verem as pessoas.

5. Faça orações personalizadas.
Leve as crianças a orar por outras crianças ao reder do mundo que tenham o mesmo dia de aniversário, ou que a família tenha o mesmo formato que o seu (2 meninos e 1 menina), ou que gostem da mesma matéria, etc. Esta ideia ajuda as crianças a se relacionarem com a oração por crianças em outras nações, muito distantes da sua.

6. Oração 50/50. 
Fale para a criança orar por algo que a incomoda—saúde, falta de emprego do pai, brigas em casa, problemas na escola, etc. Esta é a primeira metade da oração. Depois peça para ela doar a outra metade da oração como um presente para alguém que tenha o mesmo problema que ela.

7. Oração para os quatro cantos da terra.
Peça para as crianças virarem-se todas para o lado leste. Peça para que orem pelo que está a frente delas (as pessoas na casa ao lado, a escola que dá para ver, ou o pasto e mato lá atrás). Depois peça para que elas orem pelo que veriam se viajassem naquela direção (outra cidade, outra região). Por último, peça para que imaginem o que veriam se fossem ainda mais longe (um outro país, o mar, etc). Repita os mesmos passos para os 4 pontos cardeais: norte, sul, leste e oeste.

8. Orando com as letras do alfabeto.
O líder fala a letra “C”, uma criança vai até o mapa do mundo e seleciona um país com a letra "C" (Ou vai ao mapa da região e seleciona uma cidade ou vila com a letra "C".) Ela então ora pelas crianças, ou pelas famílias, ou pelos governantes, ou pelas pessoas pobres, ou pela igreja daquele lugar, etc. O líder dita uma nova letra e uma outra criança seleciona um novo lugar, orando também por ele, e assim por diante.

9. Use histórias bíblicas, orações registradas na Bíblia e recursos visuais ou cânticos para motivar as crianças a orar. 
Há várias forma de motivá-las: as histórias mostram pessoas de carne e osso que usaram a oração, isto aumenta a fé. As orações registradas são modelos diferentes que podem ser imitados. Os recursos visuais (mapas, globos, listas coloridas, fotos, etc) ajudam a criança a orar de forma mais concreta, e os cânticos ou mímicas ajudam a fixar na mente além de serem expressões de alegria e envolvimento.

10. Pratique a oração como uma conversa. 
Ore em frases claras, específicas e breves, concordando uns com os outros pela fé, ouvindo a Deus, aguardando em silêncio para perceber a voz dele nos pensamentos que vêm a tona. Anime as crianças a compartilhar o que sentem ou recebem de Deus enquanto oram juntas. Lembre-se de que quando oram em voz alta, geralmente o fazem de forma bem abreviada, mas que costumam também orar várias vezes em um mesmo encontro. O fato das orações serem curtas muitas vezes faz com que haja momentos de silêncio. Isto deve ser esperado e aproveitado como momentos nos quais elas ouvem o que Deus tem a dizer.
FONTE: Mãos Dadas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para o Blog!