CLICK HERE FOR FREE BLOGGER TEMPLATES, LINK BUTTONS AND MORE! »


.

EDUCAÇÃO INFANTIL E EDUCAÇÃO CRISTÃ PARA CRIANÇAS



Você é muito importante!

                             

Participe do Blog Com a Gente

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Atividades Interativas Para o Desenvolvimento de Habilidades



As atividades interativas abaixo são exemplos de como procuramos elaborar atividades educacionais divertidas com o objetivo de promover o desenvolvimento das habilidades socioemocionais, cognitivas, sensório-motoras e de comunicação de pessoas com diagnósticos do Espectro do Autismo, Transtornos Globais do Desenvolvimento, Síndrome de Asperger e características similares. Nosso objetivo é inspirar a pessoa com dificuldades de interação e comunicação para que ela queira interagir conosco e, dentro desta interação prazerosa, aprenda novas habilidades.

Quanto mais motivadora e divertida for a interação, maior a chance da pessoa com autismo permanecer espontaneamente na atividade conosco. Ao construirmos a interação, procuramos ajudar a pessoa com autismo a ficar altamente motivada por nossa ação. Oferecemos com empolgação alguma ação divertida baseada nas motivações e interesses da criança, daí o nome “ação motivadora”. Então se a criança gosta de música, por exemplo, nós podemos cantar, dançar e tocar algum instrumento musical. Se ela gosta de pular, nós podemos oferecer ajuda para ela pular na bola de fisioterapia.

Quando a criança já estiver altamente motivada por nossa ação, começamos a solicitar algo desafiador para ela. Por exemplo, o adulto faz cócegas (ação motivadora) várias vezes na criança sem pedir nada para ela. Apenas quando a criança já está altamente motivada pelas cócegas e demonstra de alguma forma querer mais, este adulto solicita algo desafiador para ela (o papel da criança na brincadeira), como falar uma palavra isolada ou uma sentença, olhar nos olhos, fazer algum gesto ou performance física específica, etc.

No momento em que a pessoa com autismo está altamente motivada por uma ação do adulto que a acompanha, ela tem a motivação como sua aliada para superar suas dificuldades e desenvolver habilidades. Ela supera suas dificuldades enquanto brinca com um outro ser humano! O prazer e a diversão na interação social levam a pessoa com autismo a querer interagir cada vez mais com outras pessoas e, conseqüentemente, aprender novas habilidades socioemocionais, cognitivas, sensório-motoras e de comunicação. Investir na conexão amorosa e divertida com a pessoa com autismo beneficia o relacionamento e o aprendizado.

É importante que cada atividade seja elaborada levando-se em conta as necessidades, os interesses e o estágio de desenvolvimento de cada indivíduo, de forma que a atividade seja motivadora, acessível e que promova com eficácia o desenvolvimento de habilidades específicas. Uma mesma atividade pode ser adaptada alterando-se: a meta educacional; o grau do desafio relacionado a uma mesma meta; a ação motivadora; o personagem ou a temática. As atividades a seguir trazem exemplos de como podemos oferecer estas variações para melhor atender às metas, aos interesses e necessidades da criança.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para o Blog!